Situação do mercado lácteo internacional – eDairyNews Últimas notícias
Brasil |17 julio, 2017

Indústria | Situação do mercado lácteo internacional

Mercado lácteo – O preço médio do leite ao produtor na União Europeia (UE) diminuiu em maio, ficando em 32,9 centavos/quilo (-1%), [R$ 1,24/litro],

 

Mercado lácteo – O preço médio do leite ao produtor na União Europeia (UE) diminuiu em maio, ficando em 32,9 centavos/quilo (-1%), [R$ 1,24/litro], de acordo com o último boletim do Observatório Europeu do leite.
Na Espanha o preço também caiu para 31,2 centavos/kg, [R$ 1,18/litro], com a retirada da bonificação de 0,319 que incidia sobre a proteína e a matéria gorda. O preço de maio é 25% superior ao de maio de 2016 e 2,4% acima da média dos últimos 5 anos. No caso do preço na Espanha, ele está 6,8% maior do que em maio de 2016. O preço do leite no mercado spot se mantém estável na Itália (43,3 c/kg), e caiu 2,5% na Holanda, ficando em 39,0 c/kg. Os preços da manteiga e dos queijos gouda, edam e emmental da UE continuam subindo, enquanto que caem os preços do leite em pó desnatado (-4%) e do leite em pó integral (-0,4%). As cotações mundiais dos produtos lácteos expressas em dólares mostram tendências divergentes nas duas última semanas: manteiga da UE aumentou 11%, enquanto que o Leite em pó integral na Oceania caiu 9,7%. Os produtos básicos industriais na UE são os mais caros no mercado mundial, mas, os preços do leite em pó desnatado, e do cheddar estão ligeiramente menores na Oceania em relação à UE. A Nova Zelândia fechou a campanha 2016/17 (de 1º de junho de 2016 a 30 de maio de 2017) com queda de 1,1% na produção de leite. Aumentou em 26% as exportações de leite em pó desnatado na UE entre janeiro e maio de 2017, especialmente para o México, Malásia, Vietnã, e China. A Argélia é o principal destino do leite em pó da UE. As exportações de manteiga da UE estão 20% menores do que as do ano passado, ainda que tenha registrado um aumento significativo das exportações comunitárias de manteiga para os Estados Unidos, Irã, e Austrália. As importações chinesas de produtos lácteos aumentaram entre janeiro e maio de 2017, exceto de leite em pó integral e caseína. Os custos da alimentação e de energia caíram (-0,8% e -1,6%, respectivamente) na semana encerrada em 27, em comparação com a média das quatro semanas anteriores.

http://terraviva.com.br/site/index.php?option=com_k2&view=item&id=12393:situacao-do-mercado-lacteo-internacional

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas