#SP: Castrolanda e Batavo investem em Itapetininga – eDairyNews Últimas notícias
São Paulo |23 julio, 2012

Indústria | #SP: Castrolanda e Batavo investem em Itapetininga

A Cooperativa Castrolanda, juntamente com a Batavo, irão montar em Itapetininga (SP) o maior laticí­nio da região. A revelação é…

A Cooperativa Castrolanda, juntamente com a Batavo, irão montar em Itapetininga (SP) o maior laticí­nio da região. A revelação é do secretário de Trabalho e Desenvolvimento, Márcio Reníª Rocha, que afirma que a empresa irá processar 600 mil litros diários na primeira fase, 1 milhão de litros na segunda fase e irá alcançar capacidade máxima de produção de 2 milhões de litros diários.

A futura fábrica, que marca a entrada do laticí­nio no estado de São Paulo, começará a comercializar produtos no final de 2013 com investimento de R$ 80 milhões. O empreendimento irá se instalar na SP-127, numa área de 26 alqueires. Devem ser gerados 150 empregos diretos e outros 600 indiretos. Será construí­da uma unidade de 20 mil metros quadrados. Conforme o secretário, o futuro laticí­nio irá beneficiar leite vindo dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Minas Gerais. No entanto, ele percebe na construção uma janela de oportunidade para os produtores rurais melhorarem a renda.

«Podemos reativar a bacia leiteira de Itapetininga que foi forte no passado», aponta. Em Itapetininga, a Colaso também faz investimentos para dobrar a produção e passará dos atuais 250 mil litros para 500 mil litros diários. O protocolo de intenções foi assinado no dia 12, com o gerente geral Popke Ferdinand Van Der Vinne, e superintendente de operações lácteas da Castrolanda, Edmilton Aguiar Lemos, e prefeitura de Itapetininga.

A Castrolanda participará com 60% da composição societária e a Batavo terá 40%, informou o secretário. A Cooperativa Castrolanda, com sede no Paraná, alcançou em 2011 o faturamento de R$ 1,3 bilhão, após ampliar a receita em 27% em relação ao ano anterior. O valor é dividido, segundo o gerente geral, Marco Antonio Prado, na área de lácteos que contribuiu com 28% do faturamento, seguida da área de grãos, com 25% e suinocultura, com 9% do movimento. O restante da arrecadação foi originada através da comercialização de insumos agrí­colas e pecuários.

Fonte: correiodeitapetininga.com.br

Aviso legal sobre propriedade intelectual em conteúdo digital

Todas as informações contidas nestas páginas que NÃO são de propriedade da eDairy News e NÃO são consideradas "de domínio público" pelos regulamentos legais são marcas registradas de seus respectivos proprietários e reconhecidas por nossa empresa como tal. A publicação no site eDairy News é feita com a finalidade de coletar informações, respeitando as normas contidas na Convenção de Berna para a Proteção das Obras Literárias e Artísticas; na Lei 11.723 e demais normas aplicáveis.

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

32 Comentarios

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas