Fundada em junho de 2019, a Remilk produz leite, queijo e outros produtos derivados em laboratório sem prejudicar uma única vaca
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Com o avanço da produção de alimentos cultivados em laboratório sem a necessidade do abate ou exploração de animais, uma startup israelense do ramo de comida promete produzir leite sem a necessidade de vacas.

Fundada em junho de 2019 por Ori Cohavi e Aviv Wolff, a Remilk produz leite, queijo e outros produtos derivados em laboratório usando um processo chamado fermentação microbiana. As proteínas do leite são reproduzidas em um tanque para fabricar laticínios de verdade. A empresa diz que seu produto é seguro, mais saudável e idêntico ao leite convencional, sem prejudicar uma única vaca.

A promessa é que os produtos laticínios produzidos pela Remilk precisem de apenas 5% dos recursos e gerem apenas 1% de resíduos em comparação com os laticínios consumidos hoje pela maioria do planeta. “Nós superamos a produção de laticínios tradicional em todos os parâmetros que você pode imaginar – em termos da quantidade de água de que precisamos, de matéria-prima, de tempo e energia”, disse o presidente e cofundador da empresa Aviv Wolff  ao portal Digital Trends.

No total, 57 prêmios vieram para o Brasil; produção do queijo mineiro já é reconhecido como patrimônio cultural imaterial.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER