Estudo da Embrapa Cerrados mostra, por exemplo, que, protegidas do sol, vacas produzem 22% a mais de leite por dia.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email


Vacas que pastejam na sombra têm produtividade maior, conclui pesquisa

Uma pesquisa da Embrapa Cerrados, no Distrito Federal (DF), concluiu que as vacas que comem o pasto na sombra são mais produtivas do que as que se alimentam ao sol.

Na sombra, elas são capazes de produzir, em média, por exemplo, 11 litros de leite por dia, enquanto ao sol, a quantidade é de 9 litros. Essa diferença representa um aumento de 22% na produção.

“Se o animal não está sob estresse de calor, fica mais tranquilo. Dentro de um manejo de boas práticas, ele direciona a energia que ele não vai gastar para perder calor, para maior produção de leite”, diz a pesquisadora da Embrapa, Isabel Cristina Ferreira.

Os pesquisadores comprovaram ainda que o bem-estar das vacas traz vantagens para a reprodução, como um aumento no número médio de crias.

“Nós obtivemos 4 vezes mais embriões dos animais que estavam na sombra, em relação aos animais que estavam expostos diretamente ao sol”, diz o pesquisador Carlos Frederico Martins.

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER