O preço do leite também registrou altas devido à oferta limitada do produto no mercado e pelo aumento dos custos de produção.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Mais um número positivo para o agronegócio mineiro no balanço de 2020. O Valor Bruto da Produção (VBP) agropecuária do estado alcançou o recorde de R$ 96,1 bilhões, registrando crescimento de 27% em relação ao ano anterior. O indicador representa uma estimativa da geração de renda no meio rural e seu cálculo é feito pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a partir de dados do IBGE, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/USP).

Na avaliação da assessora técnica da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) Creuma Viana, os resultados positivos do VBP em 2020 se devem ao aumento da produção e aos bons preços praticados no mercado.

Minas Gerais encerrou o ano na quarta posição no ranking, respondendo por 11% do VBP nacional. Mais da metade do faturamento mineiro (63,6%) veio das lavouras. O segmento alcançou R$ 61,1 bilhões, com crescimento de 29,1% frente a 2019. Nesse contexto, os principais impulsos viram do café (55,4%), soja (65,9%), milho (35%), feijão (7,6%), laranja (0,1%), trigo (49,8%), arroz (1%) e do amendoim (81,3%).

O café representou, sozinho, aproximadamente 34,4% do faturamento agrícola do VBP neste ano, com a receita de R$ 21 bilhões. O crescimento é de 55,4% frente a 2019.

A soja, que ocupa o segundo lugar de destaque no VBP mineiro, alcançou uma receita de R$ 13,6 bilhões, incremento de 65,9% na comparação com o ano anterior.

Pecuária

A pecuária fechou o ano com crescimento de 23,4%, com receita de R$ 35 bilhões. Os produtos pecuários que se destacaram foram bovinos (+22%), leite (+10,7 %), ovos (+6,3%) e frango (+0,7%). Com demanda aquecida no ano de 2020 e preços valorizados, o faturamento bruto da carne bovina alcançou R$ 11,4 bilhões, crescimento de 22% em relação a 2019.

O preço do leite também registrou altas devido à oferta limitada do produto no mercado e pelo aumento dos custos de produção. A receita do setor alcançou R$ 12,8 bilhões em 2020, alta de 10,7% em relação a 2019. A carne bovina e o leite representam juntos cerca de 69% do VBP da pecuária.

Inventados para aliviar o trabalho nas salas de cura, eles ajudam na metamorfose dos queijos suíços.”

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER