Para te ajudar a responder essa pergunta, e mostrar como o Pastoreio Rotatínuo pode ajudar quem é produtor, a SIA Inteligência em agronegócios e Praticar lançaram uma campanha diferente e bem humorada.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Para te ajudar a responder essa pergunta, e mostrar como o Pastoreio Rotatínuo pode ajudar quem é produtor, a SIA Inteligência em agronegócios e Praticar lançaram uma campanha diferente e bem humorada.

Conheça o Gemiano, um sujeito que vive dificuldades na criação de vacas leiteiras, penando para alimentar o gado por falta de pasto e excesso de trabalho e gastos, lembrando que qualquer semelhança com a vida real “não é” mera coincidência. Então aumente o som, aperte o play e cante junto com Gemiano:

Ele trabalha muito mais do que o necessário e desperdiça tempo, esforço físico, recursos humanos e financeiros em tarefas diárias de preparo e entrega de ração que, no fim, mantêm as vacas alimentadas, mas não as faz produzir mais leite. Ou seja, ele praticamente é um “garçom de vaca”. Acompanhe a letra da música “Bota as vacas pra pastar Gemiano“:

Meu cumpadre Gemiano veio pra mim se queixar,

Embora de tarro cheio, diz que o
negócio tá feio e que tira leite não dá!

Meu cumpradre Gemiano sabe melhor que ninguém,
que leite não dá em caixinha e se não cuida da vaquinha,
ela não dá leite também

Gemiano quem não sabe, é um sujeito dedicado,
tira silo em carretão, corta capim,
bate ração, mas de troco anda cortado

E vai caneca e vai balaio, vai farelo e
mineral, cheque do leite empenhado

Gemiano encurralado, por centavos de real

Bota as vacas pra pastá, Gemiano
Bota as vacas pra pastá…

Elas sabem o que é bom,
larga essa vida de garçom
e tu vai ver o que leite dá!

Bota as vacas pra pastá, Gemiano
Bota as vacas pra pastá…

Elas sabem o que é bom,
larga essa vida de garçom
e tu vai ver o que leite dá!

Mas meu cumpadre Gemiano,
não carece te judiá

Quer virar leite em pataca
reúna tuas vacas
que agora eu vou te ensinar

Meu cumpadre Gemiano,
tu quer vê que o leite dá,
leva água pros piquetes,
sombra boa, foia verde e
bota as vacas pra pastá…

Gemiano presta atenção,
vaca não é tamanduá,
vaca come foia verde,
vai trocando de piquete,
não deixa o pasto rapar…

E vai caneca e vai balaio, vai farelo e
mineral, cheque do leite empenhado

Gemiano encurralado, por centavos de real

Bota as vacas pra pastá, Gemiano
Bota as vacas pra pastá…

Elas sabem o que é bom,
larga essa vida de garçom
e tu vai ver o que leite dá!

Bota as vacas pra pastá, Gemiano
Bota as vacas pra pastá…

Elas sabem o que é bom,
larga essa vida de garçom
e tu vai ver o que leite dá!

Elas sabem o que é bom,
larga essa vida de garçom e tu
vai ver o que leite dá!

A ideia para o vídeo e música “Bota as vaca pra pastá”, é obra de de Davi Teixeira, diretor da SIA, para explicar de forma bem humorada como o Pastoreio Rotatínuo pode ajudar quem é produtor.

O Pastoreio Rotatínuo é um conceito de manejo baseado no comportamento animal que busca oferecer a melhor condição de pasto para propiciar o maior consumo de forragem no menor espaço de tempo.

Com a técnica, vacas passaram a comer muito mais e melhor no pasto, reduzindo em 40% os serviços demandados à mão-de-obra, o que permite melhorar a distribuição dos recursos humanos e traz ganhos de 20 a 30% na produção de leite.

O resultado: maior produção de leite com menor investimento em alimentação por meio de ração e suplementos, bem como menos risco (ou até mesmo zero risco) de escassez de pasto verde.

Se temos que falar sobre os dois iogurtes clássicos por excelência, devemos falar sobre o iogurte natural e o iogurte grego, em suas versões integral e desnatado.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER