No final do ano passado, o CDCB (Conselho das Raças Leiteiras, entidade responsável pelas avaliações genéticas nos EUA) lançou uma nova característica para a raça Holandesa, com foco na eficiência alimentar.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

No final do ano passado, o CDCB (Conselho das Raças Leiteiras, entidade responsável pelas avaliações genéticas nos EUA) lançou uma nova característica para a raça Holandesa, com foco na eficiência alimentar. Esta nova característica foi denominada de Feed Saved (FSAV) ou “alimentação economizada” em tradução livre.

A alimentação é normalmente a despesa mais alta em uma fazenda de leite e, portanto, a melhoria da eficiência alimentar pode ter um impacto muito positivo nos resultados financeiros da operação. Além de reduzir os custos de alimentação, um rebanho com maior eficiência alimentar é mais sustentável, pois os animais produzem menos resíduos e menos gases de efeito estufa, ajudando o meio ambiente.

De modo geral, qualquer produtor de leite deseja que suas vacas tenham alta produção de leite, baixos custos de manutenção e uma alta produção de energia por unidade de ração consumida. O lançamento do tão aguardado FSAV do CDCB é um progresso na criação destas vacas mais eficientes.

Descrição da característica

Feed Saved inclui dados colaborativos e é baseada em vários anos de pesquisa. Em termos simples, FSAV representa os quilos esperados de ração economizados por lactação com base nas avaliações do Composto de Peso Corporal e Ingestão de Ração Residual. Valores maiores e positivos são mais favoráveis.

Avaliações genéticas e genômicas para FSAV são fornecidas, pelo CDCB, para machos e fêmeas da raça Holandesa. Em termos simples, as avaliações são expressas em libras de “alimentação economizada” por lactação acima ou abaixo da média da raça, com base no Composto de Peso Corporal e na Ingestão de Ração Residual. Valores maiores e positivos são mais favoráveis. Por exemplo, dada a mesma produção e tamanho corporal, as filhas do touro A comerão 500 libras a menos de ração por lactação do que as filhas do touro B.

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER